Violet Flame Reiki - Reiki da Chama Violeta

Você pode ver seu rosto quase em qualquer lugar onde os chineses moram. A Deusa da Misericórdia (a Deusa da Compaixão) é a mais popular e difundida entre as divindades do Budismo Chinês. No entanto, somente agora o Ocidente começa a saber dela. Ela e conhecida como Quan Yin, Quan’Am (Vietnã), Kannon (Japão), e Kanin (Bali), ou Kwan Yin.
Ela é a encarnação da compassiva amorosa bondade. Como a Bodhisattva da Compaixão, Ela ouve os lamentos de todos os seres. Quan Yin tem uma grande semelhança com a Maria do Cristianismo, a Mãe de Jesus, e com a deusa tibetana Tara. Sua influência se estende desde a criação até os desejos profundos de toda mulher que anseia ser mãe. Em momentos de doença e problemas, a primeira invocada é ela.
Ela é geradora, criadora, compaixão viva, amiga e intercessora. Ela é a grande deusa da vida em si mesma. Quan Yin significa “alguém que ouve os lamentos do mundo”. Suas maiores virtudes são: misericórdia, modéstia, valentia, justiça e sabedoria.
A criadora deste sistema de Reiki, Ivy Moore, recebeu aproximadamente quarenta símbolos enquanto ela meditava sobre Quan Yin, desejando desenvolver melhor suas habilidades de cura usando o Reiki. Ela chamou esse sistema de Reiki da Chama Violeta e o dedicou à Senhora Quan Yin, que foi quem suavemente a sintonizou com os símbolos que tinha recebido.
Esse Reiki tem um toque acalorado e compassivo, e quando usado oferece uma grande cura, tanto para o espírito como para o corpo. Também pode ser usado através de grandes distâncias.

Texto extraído dos manuais do sistema Reiki da Chama Violeta.

Publicado por: Fernando Ribeiro da Silva