Cromoterapia

   A Cromoterapia restabelece o equilíbrio energético do corpo e da mente através da aplicação das cores. É uma terapia holística reconhecida pela OMS - Organização Mundial de Saúde desde 1976.

   É Baseada no principio de que todos os seres necessitam de luz para sobreviver, e que a luz é composta por sete cores, que são absorvidas e processadas pelo nosso corpo e pelo nosso sistema de corpos sutis. Essas cores podem ser facilmente observadas no arco-íris.

   Os desequilíbrios energéticos acontecem quando perdemos ou deixamos de absorver energia - e conseqüentemente suas cores nas devidas proporções - ou ainda quando não liberamos a energia excedente. Isso pode ocorrer por bloqueios no nosso sistema de chacras (órgãos do nosso sistema de corpos sutis), pois são eles os responsáveis pela circulação, absorção e liberação de energia.

   Existem registros que comprovam que as civilizações antigas como egípcios, chineses, hindus e os gregos já faziam uso do poder das cores em tratamentos. Assim como para nós, as cores também tinham um forte propósito de causar determinadas sensações por serem empregadas em rituais, vestimentas, decoração de ambientes.

   Esses princípios são muito utilizados até hoje por exemplo, pela publicidade, na arte, ou quando escolhemos uma roupa de determinada cor para causar uma sensação nos outros ou em nós mesmos: credibilidade, leveza, seriedade, descontração e etc.

   Na natureza, a utilização das cores com um propósito também esta presente: a cor na natureza indica, por exemplo, se um animal é venenoso, ou permite que um animal se esconda dos predadores através da camuflagem, outros mudam de cor para atrair parceiros e se acasalar. As plantas também tem suas cores expressas em suas folhagens, flores e frutos.

   A cromoterapia pode ser usada na prevenção e tratamento dos desequilíbrios ou ainda como terapia complementar, facilitando os resultados de outros procedimentos terapêuticos.

   Na cromoterapia, as cores podem ser empregadas para atuar nos corpos sutisCorpo Sutil:       É o corpo invisível formado por centros de energia (chacras e nadis) e pelosfilamentos por onde as energias trafegam, chamados de meridianos.Os hindus ja tinham conhecimento deste corpo a 500 anos AC. No espitismo, seu conhecimento foi introduzido pelo espírito de André Luis.
Para saber mais: leia nossos artigos sobre chacras e corpo sutil.
, equilibrando o sistema energético e os chacrasChacras:  Chacra, do sanscrito, quer dizer "rodas" ou "discos". Também podem ser chamados de TChacras.
São centros de energia localizados no corpo sutil que possuem uma certa frequencia de pulsaçãoresponsaveis pelo equilíbrio energético do corpo.
Para saber mais: leia nossos artigos sobre chacras e corpo sutil.
, ou diretamente nas regiões do corpo físico, conforme a necessidade detectada pelo terapêuta.

   Existem alguns aparelhos que podem auxiliar na aplicação da cromoterapia, como por exemplo o bastão cromoterápico (pode ser observado na figura ao lado) ou simples lâmpadas coloridas, no entanto, o sucesso na aplicação não está só nas ferramentas mas também no processo de aplicação e nas cores adequadas.

    Podemos nos beneficiar desta técnica através de algumas das indicações abaixo, no entanto, é fortemente recomendado que se tenha o conhecimento das propriedades das cores para tal aplicação, pois o excesso de uma cor poderá causar desequilíbrios.

  •    Aplicação de Luz colorida: A luz pode ser aplicada diretamente no local a ser tratado ou no campo aurico (corpos sutis). Neste tratamento, as propriedades da cor atuam nas falhas energéticas, com as propriedades particulares de cada cor. Na aplicação de luz colorida numa região específica, a cor atua promovendo, por exemplo, cicatrização, dissolução de nódulos, analsegia e etc. Estas aplicações também pode ser feitas pela mentalização das cores corretas no local ou na aura.
  •    Água Solarizada: manter a água num recipiente da cor indicada pelo seu cromoterapeuta e expor ao sol por um determinado período de tempo potencializa a água com a cor do recipiente! Ao ingerir, seu organismo receberá uma dose de energia daquela cor.
  •    Mentalização das cores: onde a cor é aplicada mentalmente na pessoa a ser tratada. A aplicação pode ser feita por quem recebe o tratamento ou pelo cromoterapeuta.
  •    Alimentação colorida: ingestão de alimentos com uma determinada cor proporcionarão ao seu organismo a obtenção de vitaminas e outros componentes que possuem afinidade com a cor indicada.

   Muitos terapeutas se utilizam da cromoterapia em conjunto com outras técnicas terapêuticas como reiki, radiônica, aromaterapia para potencializar seus efeitos e proporcionar um melhor estado a quem recebe o tratamento.

   A cromoterapia esta presente no nosso dia-a-dia, de forma consciente ou não. Nas cores que escolhemos, nas cores da nossa casa, carro, roupas, nos auxiliando no nosso processo de seleção do que vamos comer, beber, do que gostamos ou não.


Publicado por: Fernando Ribeiro da Silva