Feng Shui


A palavra Feng Shui significa “vento e água”, e o objetivo desta técnica é proporcionar harmonia na fluidez das energias de um determinado local.

Nossa residência, nosso local de trabalho, interagem energeticamente conosco assim como nós também influenciamos energeticamente nestes locais.

O Feng Shui é uma técnica milenar que indica as melhores formas de harmonização de ambientes e também efetua uma leitura sobre as características de seus ocupantes, para que as boas energias tomem frente, e beneficiem você e sua família nos diversos aspectos da vida - trabalho, carreira, amizades, relacionamentos, prosperidade, sucesso, espiritualidade, criatividade, e saúde, impedindo o avanço das influências nocivas que causam as perturbações.

Foi consolidado ao longo de muitos de anos pelos chineses através da minuciosa observação do comportamento da natureza e estudos envolvendo astrologia, geologia e o magnetismo terrestre.

É uma combinação de técnica e intuição que permitem melhorar a circulação da energia saudável no ambiente e conseqüentemente nas esferas pessoais dos ocupantes daquele local.

Existem várias técnicas de feng shui, mas a que melhor se adaptou ao ocidente é a técnica chamada de Chapéu Preto. Esta técnica envolve atributos de várias outras técnicas mais complexas dispostas de forma a suprirem as necessidades da realidade ocidental.

Por ser também uma arte, e assim ligada a sensibilidade, muitos utilizam o Feng Shui em conjunto com a radiestesia e a radionica para potencializar seus benefícios, facilitando na detecção e correção das energias e tratando os locais.

O Feng Shui pode ser aplicado também no seu escritório, na sua empresa, promovendo um ambiente de trabalho direcionado para o sucesso, com boa energia e motivação!

Algumas dicas:

Nos banheiros, nunca deixe a tampa dos vasos levantadas. Sempre abaixada. As energias ruins podem contaminar os demais locais, alem de ser provado que a descarga libera bactérias até um raio de 10m do vaso.

Se desfaça de pertences que não lhe tragam boas recordações e/ou que que você não utiliza mais. Jogue fora ou doe para quem fará uso.

Não acumule lixo, ainda que pouco, dentro de casa. Esvazie os cestos diariamente.

Mantenha o habito de cultivar e cuidar de um jardim. Se não tiver espaço, algumas plantas em locais apropriados ajudam a circular boas energias.

Organize os armários agrupando os objetos por funcionalidade, por cor, por periodicidade de uso. Isso facilita encontrar utensílios e mantê-los logicamente disponível.

Não espere o fim do ano chegar para reavaliar as coisas que foram acumuladas. Tente fazer isso na medida em que perceber que as coisas se acumulam. Trate da mesma forma seus pensamentos, sentimentos e suas atitudes.

Sua casa é capaz de demonstrar seus padrões de comportamento. Isso significa que os sinais que sua residência mostram como por exemplo: uma fachada desorganizada e sem vida, rachaduras nas paredes, falhas elétricas, problemas de encanamento, portas que emperram, são sinais que acusam uma necessidade de melhoria nos seus padrões e nos padrões de quem vive com você.

Publicado por: Fernando Ribeiro da Silva